Páginas

sábado, 29 de março de 2008

O dom de não saber explicar.

Admiro mto quem tem o dom de passar ao outro o que sabe.
Tem os que ensinam por obrigação (interesse financeiro),tem quem ensine por precisão(necessidade mesmo),tem quem ensine de coração (nossos professores só mesmo por amor) e tem quem ensine por opção de diversão.
Eu sei acabei rimando sem querer kkk.
Bom estava falando com minha irmã,ela é uma cozinheira terrivel faz cada coisa deliciosa e quem paga a conta depois do psicólogo?, pq depois das guloseimas dela só mesmo um pra tirar tdo o peso da consciência porque do corpo ninguém mais dá jeito kkkk.
Ela estava na correria preparando a festa de primeiro aninho das gemeas,e precisava comprar algumas coisas e não sabia onde e uma conheçida dela não quis dizer onde.
Então ela comentou que ficou chateada na hr,mas que compreendia já isso é bem normal num pais onde tdo mundo tem medo de ficar desempregado e a saída seria virar boleira,confeiteira,cozinheira sei lá o nome que se dá a isso.
E ela tb me disse que as festas que ela dá em sua casa no Japão são sempre animadas,mas que por forças das circuntâncias ela tb acabava não dando suas receitas pra ninguém afinal tudo que ela sabia era as suas próprias custas e risco ( pra não fugir do pensamento coletivo vai que ela precise um dia virar cozinheira profissional).
Fiquei pensando sobre isso no scrap tb deve aconteçer,mas mto do que sei aprendi,sem fazer cursos (até mesmo pela barreira da língua) foi vendo um pap,aqui uma dica ali,lendo,pesquisando,xeretando em blogs quebrando a cabeça e claro o SBB me ajudou pra caramba tanto aprendendo com as meninas como tb me incentivando a continuar. Mas é óbvio que tb não comercializo meus trabalhos e isso tem um peso mto menor,só gosto de saber técnicas novas pro meu próprio prazer,e o único julgamento que tenho é o meu mesmo e de algumas poucas pessoas,pelo menos as que me dizem claro outras me ignoram e pronto.
Mas com o pap de alterar papeis descobri que se eu tivesse que ensinar alguém por profissão seria uma péssima profissional,logo qdo aprendi essa técnica, pois foi o primeiro curso que fiz a uns 2 anos atrás eu tentei passar pra umas amigas mas elas dessistiram de aprender tamanha a burrice da professora aqui.
Mas agora com as fotos detalhadas acho que consegui passar alguma coisinha do mto que já aprendi com outras pessoas que o fizeram por obrigação ou diversão.
Claro que ainda tenho mto que me divertir aprendendo.
E que isso se aplique na minha vida fora do scrap tb.



Aqui esta minha pag feita com a técnica de alterar o pp e os rubons nos acrilicos antiguinhos.
Espero que tenham gostado.
Obrigada pela visita.
Bjs

4 comentários:

Caleidoscopio disse...

Edna,
td bem??? Conheci seu blog através do blog da Eunides...
Fiquei encantada com os seus trabalhos!!! Muito lindos...
Sobre este tópico, eu sempre encontrei pessoas bacanas no scrapbooking q me ensinaram muitas coisas... Não sei se foi sorte...
Até pq eu comercializo algumas coisas... Tb procuro ensinar o q eu sei.
Interessante é q eu já ouvi falar de outros tipos de artesanato q passam por isso, mas no scrap não...
bjs,
Simone

Karen Christianne disse...

Edna... muito interessante esse tópico!! Eu ensino por prazer puro!! Adoro o que faço!! E acho até que levo jeito pra coisa!!!rss..
Mas acho que ensinar virtualmente é mais dificil... pq ao vivo é bem mais fácil..rsss.. Seus paps ficaram ótimos e sorte a nossa de tê-los visto!
E sua página está maravilhosa tbm!!!Acho que no scrap tem muitiiiisssimo disso de não passar... Eu dou aulas e vivo disso... e portanto não saio falando demais... mas dicas dou muitas e ajudo no que posso desde que isso não interfira nas minhas aulas!!!
é isso...
Super beijo pra vc...

Carla Cavellucci Landi disse...

adorei este seu post. E esta sua pagina eh de arrasar.
estou aguardando mais PAP, pois os feitos de coracao da mais gosto da gente aprender ;o)
Beijo enorme, seu blog mereceu o selinho. Adoro.

ScrapStuff (Esther) disse...

Papagaio!
Este blog tá muito chique hem Dona Edna?
AMEI este LO (e todos os outros). Dá prá passar horas por aqui lendo seus relatos. Muito legal mesmo! Vou voltar sempre!

Beijos
Esther ;)