Páginas

terça-feira, 3 de junho de 2008

No meio do caminho tinha uma estatua...

No meio do caminho tinha uma pedra...
Tinha uma pedra no meio do caminho...

Mudando esse poema para:
No meio da calçada tinha uma estatua...
Tinha uma estatua no meio da calçada.
No meio da calçada tinha uma estatua.
Uma estatua de um grande poeta...
um grande poeta que usava óculos...
mas um idiota qualquer sismou que devia quebra-la
é no meio da calçada tinha uma estória de alguém...
que alguém achou que devia destorçer...


Cresçi lendo Carlos Drumond de Andrade meu vestibular foi bem no ano de sua morte e claro tdo girou em torno dele.
E quando a cidade do Rio de Janeiro fez a homenagem a ele não tive tempo de me fotografar junto a sua estatua o que foi uma pena pra mim.
E fico triste que talvez não tenha tempo,porque o vandalismo que impera nessa cidade tão linda pode tirar a chance de muitos conheçer nossos poetas,e tantas outras coisas que temos de bom.
Sei que a maioria que lê meu blog não é de acordo com esse tipo de atitude,mas vai que por acaso algun desses loucos cai de paraquedas aqui e assim começe a pensar no que faz alguém destruir o patrimonio publico. (claro que isso é utópia mas sonhar não paga nada)
É...porque essa estatua é tão minha quanto de quem se acha no direito de despedaça-la.




Queria poder mostrar para minha filha que o Brasil tem muita coisa e pessoas lindas e que:


O mundo é grande e cabe
Nesta janela sobre o mar
O mar é grande e cabe
na cama e no colchão de amar
O amor é grande e cabe
no breve espaço de beijar ...
(Carlos Drumont de Andrade)

Beijos para quem é de beijos e abraços para quem é de abraços.

Kusjes voor wie van kusjes houd, een omhelzing voor wie van een omhelzing houd.
Obrigada pela visita.

6 comentários:

Elizabeth Roessle disse...

Edna,
Adorei, seu cantinho esta cada dia mais bonito!!!
Linda a reflexão...
Bjs

Bel Sanz disse...

Acho que aprendi um pouco de holandes hj.
Kusjes para vc tb!
Espero que eu nao esteja errada e Kusjes seja beijo...hehe
Besos

Luciana Viña disse...

Ai Edna,

Adoro Drummond, aprendi a gostar com uma professora de Literatura. Realmente é muito triste ver que as pessoas não tem respeito pelas outras pessoas e pela sua história.

bjin
Luciana

Cris Lopes disse...

Nossa, nem parece a mesma mossa que ia postar um Garfield esfomeado por um bolo!!! Bem reflexiva... Eu não conheci esta estátua ao vivo ainda! Mas vc tem razão em mencionar o vandalismo. É uma triste realidade!
BJs

Adriana M Q Weingart disse...

UAU, Edna...
Que lindo!!!
Não li muito sobre ele, nem estudei (acho q tive algumas falhas nos estudos), mas acho muito lindo o que encontro... Acho que vou pesquisar e conhecer mais!
Gde bjo!

Renata Moni disse...

Afffff..que lindo texto hein???
adorei!!!
beijos